Estou grávida! O que devo comer?

Estou grávida! O que devo comer?

Estou grávida! O que devo comer?

Estar grávida não é um estado de doença. No entanto tem uma vida a ser gerada dentro de si, é responsável por ela e a saúde dela depende de si. O seu estilo de vida é determinante: atividade física, hábitos tabágicos, sono, descanso, stress e ansiedade, alimentação. Dentro dos hábitos alimentares deve ter alguns cuidados. Não se esqueça que o seu alimento é o alimento do feto.

Assim:

 

  • Evite a charcutaria, alimentos fumados e laticínios não pasteurizados. Podem conter o parasita  Toxoplasmose gondii, que provoca a toxoplasmose. A toxoplasmose é uma doença , por norma assintomática. Quando provoca sintomas, são semelhantes aos da gripe. O perigo está nos efeitos que provoca no feto, pode causar malformações graves.

 

  • Atenção aos chás. Além de conterem teína, uma substância estimulante similar à cafeína, ainda podem conter extratos de plantas altamente nocivas à saúde do feto. Opte por chás de camomila, tília, limão ou outras frutas, hortelã, canela.

 

  • Evite o consumo de bebidas alcoólicas. Pode provocar a síndrome alcoólica fetal, que leva a malformações de alguns órgãos vitais, e pode ainda provocar lesões irreversíveis no sistema nervoso do feto.

 

  • Evite carne/peixe/ovos mal passados. Inclui-se o Sushi e todo o tipo de cozinha que não confecione os alimentos devidamente. Podem provocar toxoplasmose ou intoxicações alimentares por bactérias.

 

  • Ao reaquecer alimentos/refeições certifique-se de que atingem altas temperaturas no interior para evitar intoxicações alimentares.

 

  • Desinfete e lave muito bem todas as frutas e legumes. Podem conter vários microorganismos passíveis de causarem doenças graves. Entre eles a listeria monocytogenes. Esta bactéria provoca a listeriose. A listeriose pode passar da mãe para o feto, podendo provocar vários problemas graves ao feto, parto prematuro ou a morte.

 

  • Evite refeições pré-prontas. Contém elevado teor de aditivos (corantes, conservantes, aromatizantes); sal e gordura de má qualidade.

 

  • Evite carne picada embalada. A carne picada é mais suscetível a contaminação. Compre a carne e pique em casa.

 

  • Evite o café, chá preto, verde e vermelho e todo o tipo de bebidas que contenham estimulantes como a cafeína, teína, guaraná. Relembro que o descafeinado contém cafeína, em doses inferiores ao café, mas ela está lá.

 

  • Tome sempre o pequeno-almoço. Previne episódios de hipoglicémias, cujos sintomas são suores frios, falta de força, desfalecimento/desmaio e mesmo coma.
  • Não esteja mais de 3 horas sem comer. Assim evita oscilações grandes de açúcar no sangue e garante o aporte de nutrientes e energia necessários.

 

  • Inicie as refeições principais com um prato de sopa. E acompanhe o prato com salada ou legumes cozidos, grelhados. Permite a ingestão de vitaminas e minerais em boas quantidades e  ainda melhora o trânsito intestinal prevenindo a obstipação, comum durante a gravidez.

 

  • Coma calmamente e mastigue muito bem os alimentos.

 

  • Opte por métodos de confeção saudáveis. Prefira os estufados e assados em pouca gordura, grelhados, cozidos a vapor, cozidos.

 

  • Reduza o consumo de refrigerantes e sumos. Contêm elevado teor de açúcar e aditivos alimentares. Os sumos de fruta naturais e batidos pode consumir, no entanto devem ser feitos na hora de ingerir.

 

  • Limite o consumo de carnes gordas. Prefira o frango, o peru e o coelho. Deve retirar sempre a pele e as gorduras visíveis de toda a carne.

 

  • Para temperar prefira azeite e óleos polinsaturados.

 

  • Reduza o consumo de sal. Use cebola, alho, tomate, pimento e ervas aromáticas para dar sabor aos alimentos.

 

  • Beba cerca de 2 litros de água por dia. É importante para o crescimento e desenvolvimento do feto, da placenta e faz parte do líquido amniótico.

 

  • Pratique atividade física moderada, como caminhadas. Se não praticava exercício físico intenso antes da gravidez não o deve iniciar. Caso pratique, deve aconselhar-se com o seu obstetra sobre os exercícios mais indicados e a frequência com que deve praticar.

 

 

Nunca é demais relembrar de que “ somos o que comemos” , desde o primeiro momento da nossa vida.

 

Fontes

- Rodrigues S, Franchini B, Graça P, de Almeida MDV. A New Food Guide for the Portuguese Population.Journal of Nutrition Education and Behavior 2006; 38: 189 -195.

 

- Escott-Stump S, Kathleen Mahan L. Krause: Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. Saunders Elsevier; 2008; 12ªedição.

:: ARTIGOS RECOMENDADOS PARA SI

 

ganharpesogravidez.jpg


10razoesparamastigar.jpg


Hidratesepelasuasaude.jpg



Mostrar por página
Ordenado por
Sementes Linhaça
Sementes Linhaça

A fonte mais rica de Ômega 3 existente na natureza. Um Super Alimento!

 
Antes 3,07 €
2,44 €
Você poupa 21 %
Sementes Linhaça em Pó Pack 3
Sementes Linhaça em Pó Pack 3

A fonte mais rica de Ômega 3 existente na natureza. Um Super Alimento!

 
Antes 13,36 €
9,12 €
Você poupa 32 %
Sementes Linhaça em Pó
Sementes Linhaça em Pó

A fonte mais rica de Ômega 3 existente na natureza. Um Super Alimento!

 
Antes 4,45 €
3,17 €
Você poupa 29 %
Sementes Linhaça Pack 3
Sementes Linhaça Pack 3

A fonte mais rica de Ômega 3 existente na natureza. Um Super Alimento!

 
Antes 9,22 €
6,36 €
Você poupa 31 %
Sementes de Chia
Sementes de Chia

Um superalimento que regula o colesterol e aumenta a imunidade do organismo.

Antes 3,06 €
2,41 €
Você poupa 21 %
Sementes de Chia Pack 3
Sementes de Chia Pack 3

Um Superalimento que regula o colesterol e aumenta a imunidade do organismo

 
Antes 9,19 €
6,58 €
Você poupa 28 %